Quarta-feira, 19 de Dezembro de 2007

decisão sobre o decidido

   decidi por uma vez desistir. decidi não querer saber e ir em frente.

   decidi por duas vezes retomar o costume de cantar ao acordar, sendo que cantaria toda a noite devido a insómnias assombradoras.

   prometi-me tanta coisa e prometi-me não me prometer mais nada...

   deixem-me sozinho a pensar ou sossegar dois três momentos e estarei capaz de retomar a vida que arrasto, suando... mas sem saber como, arrasto mais alguém com as merdices que me somam e sobrecarregam...

   mas vá, o que tinha ficado mesmo decidido era: seguir em frente, risos sem motivo para rir são permitidos. o que se decide agora é: faz a tua vida e quem te poder abraçar que não te largue.

   mas para a amanhã, segundo o calendário, vai ser decidido: não tentes parecer, sê. mas vai ser alterado para a decisão não menos ponderável: não tentes deixar de ser, deixa duma vez.

 

   no entanto estou a escrever algo sem muita importância mas sem uma vontade de escrever significativa, nem o tema é tão interessante quanto desejava, por isso sai frouxo e seco...enfim se este texto fosse um cão...

 

Gonçalo Julião. dois meses e dois dias.

música: Maggie's Farm
reflexo de turma 12º 12 às 15:40

link do reflexo | reflectir | favorito
|
3 comentários:
De turma 12º 12 a 20 de Dezembro de 2007 às 15:46
Ha! Cão! Sou eu! Chien ou Câo!

Gostei do texto. Lembra-me coisas que já pensei, escrevi e disse. Por um momento pensei que era um texto meu, mas eu não sou assim tão conciso.
Prosa Poética, ou poesia prosaica já não sei, mas estava muito fluido e lírico. Assemelha-se, acho eu, quase a uma espécie de máxima religiosa, do tipo de parábolas encontradas nos textos sagrados de cada religião.

De Terry C. a 21 de Dezembro de 2007 às 09:21
obrigado pelo comentário!
fico surpreso por teres confundido um texto meu com um teu…ou vice-versa.
talvez te estejas tornando numa influência para mim! na verdade, eu acredito nisso, mas só me apercebi disso quando me disseram. mas acho que começo enfim a perceber a mensagem nos teus textos (porque há sempre).
essa parte dos textos religiosos foi engraçada.
em inglês chamamos-lhe “Schedule” ou então necessidade de programação. uma coisa chamada insatisfação…por trás disso há insatisfação e frustração… a insatisfação, nos “entretantos”, ganhou mais pujança.
abraço.
De Daniela Freitas a 26 de Dezembro de 2007 às 17:32
não acho que o texto esteja frouxo ou seco... podias é ter desenvolvido um pouco mais e talvez acrescentar algum drama ou algo do género, mas tirando isso está bom... No entanto, acho que consegues fazer melhor ;)

Comentar reflexo

. por detrás dos reflexos

.pesquisar reflexos

 

.Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Reflexos Recentes

. Vandalismo Virtual

. Uña Experiência

. 091009

. Tempo

. K.O.ALA

. Obstinação

. Destino, a pedido

. (...)

. Por Favor

. Onanismo

. Sinos tocam no horizonte ...

. A Era da Igualdade

. Origem

. Onanismo

. É intenso

. Reflexos... pensamentos, ...

. Descrições de Uma Planaçã...

. Thesaurus

. A Título

. Hoje tanto faz

.Arquivos

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.tags

. todas as tags

.Outros Reflexos