Quarta-feira, 15 de Agosto de 2007

Vida




        Ensina-me a lição da Vida.
        Há tantas perguntas que não têm resposta.

        Tu és o mestre da Vida, o criador do Mundo e eu sou apenas a aprendiz que quer olhar para as coisas e ver o que os outros não vêem, porque as coisas simples do quotidiano são lugares sagrados, altares, para quem tem olhos que saibam ver o invisível. E eu quero ver o invisível. Mas para ver o invisível, não basta ver com os olhos. Às vezes, é preciso ver com o coração.
        Mostra-me a essência da Alma e leva-me até ao céu, onde estão guardadas as coisas que se ama e que o tempo roubou. Ajuda-me a tocar nas palavras sem cair nas suas armadilhas, sem ser por elas enfeitiçada, porque algumas palavras são falsas e a verdade mora no silêncio que existe à volta delas. Transforma a beleza em eternidade, pois tudo o que é belo merece ser eterno e tudo o que é eterno merece ser belo. Mas o que é belo termina. O que é belo morre. Por isso, a beleza e a morte andam sempre de mãos dadas.
        Tenho tanto medo da Vida! Diz-me como plantar uma árvore. A árvore será a minha esperança. Copa grande, sombra amiga, ramos fortes, crianças no baloiço... Só terei de esperar que a árvore cresça devagar, muito devagar. Tão devagar que à sua sombra não me sentarei...

Um último texto antes de partir para o Algarve... Vou amanhã e só volto daqui a 2 semanas, dia 30 de Agosto. Um resto de boas férias para todos =)                                             
                                                                     Daniela Freitas
sinto-me: nostálgica
música: Façade of Reality - Epica
reflexo de turma 12º 12 às 23:18

link do reflexo | reflectir | favorito
|
3 comentários:
De AC a 16 de Agosto de 2007 às 11:31
Daniela, está cada vez a escrever melhor, de forma mais sincera e trabalhada, ao mesmo tempo... Boas férias:-)
De Dani-ela a 22 de Setembro de 2007 às 12:29
Uff...
Não sei o que comentar, dizer, reflectir...
Deixaste-me K.O.!
O texto está absolutamente LINDO... Não sei explicar o que me ficou depois de lê-lo... A forma como escreveste, as palavras que usaste e como as usaste e as juntaste para criar cada frase... É esteticamente algo espantoso... Não sei explicar...
Penso que não ficou em mim a mensagem do teu texto, mas sim as próprias palavras... Entendes? Hahaha...
GREAT text!
Continua! ;)
De simple_emily@hotmail.com a 2 de Novembro de 2007 às 21:52
Oi!

amei as mensagens...

se possivel adicione meu msn...simple_emily@hotmail.com

Comentar reflexo

. por detrás dos reflexos

.pesquisar reflexos

 

.Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Reflexos Recentes

. Vandalismo Virtual

. Uña Experiência

. 091009

. Tempo

. K.O.ALA

. Obstinação

. Destino, a pedido

. (...)

. Por Favor

. Onanismo

. Sinos tocam no horizonte ...

. A Era da Igualdade

. Origem

. Onanismo

. É intenso

. Reflexos... pensamentos, ...

. Descrições de Uma Planaçã...

. Thesaurus

. A Título

. Hoje tanto faz

.Arquivos

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.tags

. todas as tags

.Outros Reflexos